Aliar uma estratégia de marketing a figuras de influenciadores digitais tem se mostrado uma abordagem extremamente eficiente no mercado atual. Com os novos hábitos de consumo e a facilidade na busca de informações pela internet, o consumidor prefere pesquisar e tomar suas decisões de compra por conta própria.

Hoje em dia não basta uma propaganda poderosa. A marca deve dispor de outros meios para reforçar a ideia de que seu produto é bom e cumpre com o prometido. Portanto, são importantes uma boa presença nas redes sociais para se mostrar como autoridade no assunto, depoimentos de clientes satisfeitos, e, claro, o uso de influenciadores digitais.

Os benefícios de se utilizar da exposição que um influenciador possibilita são claros. Por possuírem uma audiência fiel e atenção especial àquilo que possa agradar seu público, suas palavras agregam maior confiança ao negócio divulgado. Quer saber quais são os principais tipos de influenciadores e como eles podem ajudar na sua estratégia? Confira a seguir!

A celebridade

Influenciadores celebridades são pessoas de grande exposição na mídia ou em redes sociais. Podem ser apresentadores de programas na TV, donos de contas grandes no Youtube, referências nas redes, dentre outros. Eles são autoridades e suas opiniões sobre produtos costumam ser um indicativo de bom gosto.

A celebridade tem um público mais extenso e variado. Isso por um lado é positivo, pois o alcance de suas publicações é o maior possível. Por outro lado, sua contratação pode ser mais cara e seu poder de influência pode, proporcionalmente, não ser tão grande. Isso porque, por estarmos falando de um público variado, haverá gostos e opiniões bem distintas no meio.

A autoridade

Por outro lado, a autoridade é conhecida por seu público por ter conhecimentos técnicos em uma área específica. A disseminação de seus posts pode não ser tão grande, mas suas informações geram muito mais credibilidade.

Autoridades têm um compromisso maior com a transparência e para mostrar a seus seguidores qual é, de fato, a melhor opção. Tratando-se de produtos tecnológicos, por exemplo, são comuns posts fazendo reviews e comparativos entre concorrentes.

Portanto, a autoridade pode ser um pouco mais difícil de ser acessada. Mas quando sua atenção é atraída, seu poder de persuasão é alto.

O analista de mercado

O analista é um tipo de influenciador mais específico, que tem a capacidade de promover um negócio por meio de seus dados e números. É importante para gerar interesse em segmentos do mercado, e para modelos de negócio business to business (B2B).

Se é um ponto relevante para sua estratégia demonstrar que sua empresa teve um crescimento interessante, determinado valor, ou acesso a recursos importantes, o analista é o influenciador mais qualificado.

O "marca pessoal"

Por fim, o influenciador "marca pessoal" é aquele não necessariamente ligado a um negócio ou um nicho específico, mas que, ao longo da construção de sua identidade online, ganhou a credibilidade de um público fiel. Portanto, é uma opinião um pouco menos técnica do que a da autoridade, mas que pode gerar maior identificação junto a seu público e geralmente o maior engajamento.

O "marca pessoal" leva muito a sério a confiança de seus seguidores e não divulgaria um negócio que não achasse realmente interessante para eles.

Agora que você sabe os principais tipos de influenciadores digitais, veja qual se encaixa melhor em seu segmento de mercado e aproveite dessa poderosa ferramenta de difusão de sua marca e de geração de credibilidade junto a seu público-alvo.

É sempre útil relembrar que os consumidores precisam de opiniões confiáveis para abrirem sua mente para um novo negócio, e as opiniões dos influenciadores digitais são justamente o que você precisa para ganhar vantagem e destaque no mercado.

Quer acompanhar mais conteúdos como este? Curta nossa página no Facebook e não perca mais nenhuma novidade!