A paternidade é um desafio para muitos homens que, atualmente, vêm assumindo um papel cada vez mais importante na criação e educação das crianças. Esse universo tem ganhado a internet e diversos canais têm abordado questões relativas à convivência com os filhos e de como ser um bom pai.

Os influenciadores digitais responsáveis por esses canais contam suas experiências com as crianças, discorrem sobre relacionamento, refletem sobre como criar as crianças no mundo moderno e apresentam dicas importantes para os papais brasileiros. Esse know-how os colocam como autoridades sobre paternidade.

Uma forma de compreender o alcance e abrangência do influenciador é medir o seu desempenho nas redes sociais. O Airfluencers Score é uma métrica que avalia a qualidade do engajamento de um perfil nas redes sociais — levando em consideração pontuações que variam entre 0 a 1.000.

Quer conhecer quem são esses homens que assumem a sua responsabilidade com os filhos? Então não deixe de ler os próximos parágrafos!

1. S.E.R Pai

A Sociedade Educativa e Recreativa Pai — ou simplesmente S.E.R Pai — é um espaço mantido por Pedro de Oliveira, que traz conversas com outros papais, dicas sobre criação, experiências de vidas e outras informações. Tudo preparado com bastante bom humor. O canal oferece, ainda, cursos relacionados ao tema.

página no Facebook possui mais de 4 mil seguidores, seu perfil do Instagram já soma 1,2 mil, o canal no YouTube registra cerca de 4,7 mil assinaturas e atinge um Airfluencers Score de 146.

2. Criar e Crescer

Criado e mantido por Daniel Becker e Caroline Menezes, o canal aborda temas relacionados tanto com a paternidade quanto com a maternidade. O espaço conta com troca de ideias, debates e reflexões com objetivo de “gerar conhecimento de boa qualidade, ampliando o contexto dos temas com um olhar aberto”.

Eles estão presentes no YouTube, onde registram mais de 40 mil assinantes; no Facebook, com quase 12 mil admiradores; e no Instagram, com mais 1,4 mil seguidores. Têm um Airfluencers Score de 542.

3. Marcos Piangers

Pai de duas filhas, o radialista e apresentador Marcos Piangers é autor do livro “O Papai é Pop”, no qual discorre sobre a importância do relacionamento com as crianças. Em seus vídeos conta a sua experiência como pai, aborda a criação dos filhos, dentre outros assuntos. Também ministra palestras sobre paternidade e criatividade.

No YouTube, falta pouco para chegar nas 65 mil assinaturas; no Facebook tem mais de 2,6 milhões de seguidores; no Instagram já alcança 420 mil deles e no Twitter está com 134 mil seguidores. Já alcança um Airfluencers Score de 844.

4. Paizinho, Vírgula!

Pai de dois filhos, Thiago Queiroz é o autor do site Paizinho, Vírgula! em que escreve como tem sido a sua jornada paterna. Além de seus artigos, o portal reúne textos de outros homens, vídeos sobre relacionamento com crianças e, ainda, conta com um podcast sobre paternidade e maternidade.

O seu trabalho também pode ser conferido nas mídias sociais, onde possui em torno de 71 mil curtidas na fan page do Facebook; passa dos 22,5 mil seguidores no Instagram e tem mais de 29 mil assinaturas no canal no YouTube. Seu Airfluencers Score é de 711.

5. Papai Comédia

Fernando Strombeck é um humorista dedicado ao stand up comedy. Pai de primeira viagem, criou diversos canais dedicados a contar a sua experiência, apresentar relatos de outros homens com seus filhos e mostrar diversas dicas. Além disso, mantém um diário online em que registra os momentos com sua filha.

Sua página no Facebook possui mais de 1,2 milhão de seguidores, o canal no YouTube é assinado por 4,7 mil pessoas e o perfil no Instagram já soma 31,2 mil admiradores. Também é autor do livro “Papai Comédia – da Descoberta ao Parto Humanizado”. Mantém o site Papai Comédia e tem um Airfluencers Score de 476.

Gostou das sugestões com os canais sobre como ser um bom pai? Continue acompanhando nossas publicações para conhecer mais sobre o mundos dos influenciadores digitais.